Saiba quais problemas podem surgir na migração para a nuvem

 em Notícias

Para a maioria das empresas, a migração para a nuvem não é mais uma questão de se, mas quando. Ao mover arquivos para a nuvem, você pode melhorar a segurança, o acesso aos dados, a escalabilidade e a flexibilidade da TI, bem como reduzir custos. No entanto, nem todas as implantações na nuvem ocorrem sem problemas.

Confira as cinco principais causas de falhas na migração para a nuvem e o que você pode fazer para ter sucesso nessa jornada.

1- Falta de um bom parceiro

Primeiramente, você precisará de um parceiro, uma empresa especializada em TI e em migração para nuvem. E essa é uma decisão que deve ser tomada com deliberação cuidadosa e algumas contribuições externas. Escolha seu parceiro com cuidado. Obtenha referências. Você precisa de um parceiro que possa orientá-lo no processo, que possua não apenas recursos técnicos, mas também recursos de gerenciamento de mudanças.

Um bom especialista em migração para a nuvem pode ajudar a identificar os melhores aplicativos a serem movidos, determinar como integrar sistemas e serviços herdados e planejar e executar a migração. Um bom parceiro também pode ajudá-lo a elaborar uma estratégia eficaz, seja híbrida ou multicloud.

2- Falha na adaptação à nuvem

Um dos erros mais comuns que as empresas cometem é permitir que seus aplicativos sejam executados na nuvem da mesma maneira que nas instalações locais.  A nuvem foi projetada para usar recursos quando você precisar e devolvê-los quando não precisar. Mas o aplicativo tradicional não é construído com o nível de autonomia e orquestração para tirar proveito da nuvem.” Muitos clientes esquecem que cada bit executado em uma nuvem pública é medido – e terão que pagar por isso. Eles permitem que aplicativos não modificados sejam executados a todo vapor, consumindo ciclos de computação, e a conta chega um mês depois.

3- Não ter as habilidades certas

Se você acha que pode gerenciar sua nuvem pública ou mesmo nuvem híbrida com as antigas habilidades e abordagens – estrutura ITIL, processos em cascata, aplicativos monolíticos, silos operacionais, etc. -, você terá uma surpresa desagradável. Você precisa de habilidades para gerenciar infraestrutura dinâmica, contêineres, automação, microsserviços e assim por diante. As novas tecnologias ajudarão, mas atrair, treinar e reter talentos qualificados ainda é fundamental.

4- Expectativas irrealistas

Uma mudança para a nuvem pode oferecer grandes benefícios – velocidade, agilidade, redução de custos, foco estratégico, escalabilidade, alcance e muito mais – mas também pode introduzir riscos legítimos. Obter o máximo proveito de uma implantação na nuvem começa com evitar a atração do ciclo de hype e ter expectativas realistas sobre o que você pode alcançar e sobre novos riscos em potencial.

Os adotantes da nuvem geralmente também esperam poder fazer muito menos trabalho em áreas adjacentes, mas a infraestrutura da nuvem substitui apenas os servidores, e não o pessoal de TI.

Fonte: CIO

 

 

Postagens Recomendadas
Entre em cotnato

Estamos à disposição para ajudar com seus problemas de TI e negócios

Não pode ser lido? Mude o texto. captcha txt

Digite o que procura e pressione enter para pesquisar